Original article was written by me in Russian and translated into Portugues by Incrivel.club

Source

A aprendizagem de um idioma é impossível sem a memorização de novas palavras. Entretanto, além dos métodos chatos e cansativos, existem várias maneiras simples e eficazes de aprender palavras desconhecidas.

O Incrível.club publicou uma lista de formas realmente úteis para memorizar palavras estrangeiras.

Primeiramente, é preciso entender de que maneira você absorve melhor a informação. Se você é uma pessoa com memória auditiva, o método de ler as palavras repetidamente não será tão eficiente quanto escutar as palavras, por exemplo. E talvez você nunca perceba isso e continue passando horas em frente ao seu caderno sem entender o porquê não consegue memorizar nada.

ESTRATÉGIAS TRADICIONAIS

1. Método visual

Pegue um caderno. Escreva as palavras em duas ou três colunas: palavra/tradução. Anote ao lado, sinônimos, antônimos e alguns exemplos de seu uso. De vez em quando, leia suas listas, simplesmente dê uma olhada, sem memorizá-las.

Não sei como funciona exatamente, mas, por exemplo, nunca passei horas aprendendo novas palavras em alemão, simplesmente lia meu caderno de vez em quando. O professor nunca nos fazia ditados nem testava nosso conhecimento das listas de palavras. Entretanto, até agora, me lembro de uma grande quantidade de termos.

Como resultado, não force a barra, não tente absorver 100 palavras em 30 minutos, apenas revise o material gradualmente. Mas é importante que, além de ver essas palavras em textos, artigos, e em seu caderno, você as utilize de alguma maneira.

2. Método de cartões

Esse é o segundo método mais popular. Recorte vários cartões ou compre um bloquinho de notas. Em uma parte do cartão, escreva uma palavra. Em outra, sua tradução. Os usuários mais experientes podem até incluir exemplos. Revise seus cartões um a um, e separe os que já estiverem bem memorizados. De vez em quando, dê uma olhada neles para relembrar. A desvantagem desse método é que, se você tem de aprender muitas palavras rapidamente, irá gastar muito tempo fazendo os cartões.

Para tornar o processo mais descontraído, separe os cartões em grupos de 10 e os distribua em vários pontos da casa, para que de vez em quando os encontre e relembre o que já foi aprendido. Para que esse método funcione também para as pessoas de memória auditiva, as palavras devem ser pronunciadas. Como as crianças gostam muito desses cartões, esse método pode se tornar uma brincadeira divertida.

3. Método de escrever

É uma técnica clássica. Escreva a palavra que deseja aprender de vez em quando. É ótimo para aprender ideogramas chineses. O ponto negativo é ser um método extremamente entediante. Apesar disso, sua eficácia já é comprovada há séculos.

4. Método ‘Folha pela Metade’

Um dos meus favoritos. Dobre uma folha pela metade. Em um canto escreva a palavra, e no outro sua tradução. Você pode comprovar se está correto facilmente. Como sou uma pessoa com memória visual, o método funciona perfeitamente, pois consigo memorizar com facilidade em qual parte da folha a palavra está escrita. Desvantagem: Se acostumar com a sequência das palavras.

5. Método ‘Designer de interiores’

Se você está aprendendo algum vocabulário específico, principalmente sobre um assunto próximo, é possível elaborar ‘etiquetas’, usando post it com os nomes dos objetos. Também é eficaz colar na tela de seu computador as palavras mais difíceis de memorizar. A vantagem desse método é ser uma forma divertida de aprendizagem. Mas ele traz a desvantagem de o cérebro começar a ignorar todas essas etiquetas se ficarem coladas por muito tempo.

ESTRATÉGIAS DE OTIMIZAÇÃO

6. Agrupar palavras conforme caraterísticas gramaticais

Se você tem uma lista extensa de palavras, o maior erro é aprendê-las sem sistema algum. É possível, e até necessário organizar e agrupar essas palavras. Por exemplo, anote os verbos, agrupando-os por suas terminações, ou separe os substantivos por gênero (masculino/feminino). As palavras que não se encaixam em nenhuma categoria formam um grupo à parte.

Assim, você começará a ver a lógica do idioma que está aprendendo e memorizar as palavras em relação às demais.

7. Agrupar palavras por sentido

Anote e memorize uma palavra e seu sinônimo/antônimo ao mesmo tempo. Essa é uma estratégia atual tanto para iniciantes como para estudantes mais avançados. Ou seja, aprenda a dizer a palavra ‘bem’ e comprove como se diz ‘mal’. E, se aprender como dizer ‘mais ou menos’, ‘perfeito’ e ‘péssimo’, enriquecerá incrivelmente seu vocabulário.

8. Agrupar palavras pela morfologia

Organize as palavras pela raiz, por exemplo, «emprego/empregar/empregado», e assim irá aprender várias palavras de uma vez que são relacionadas entre si e pertencem a partes diferentes das frases.

9. Método etimológico

Funciona muito bem para aqueles que já aprenderam várias línguas. Quando alguém se dedica a estudar vários idiomas dentro do mesmo ramo linguístico, começa a ver raízes comuns entre eles. Na verdade, isso vem com a experiência; com o tempo, desaparece a necessidade de aprender uma enorme quantidade de palavras novamente. Em algum momento se percebe que já sabe o suficiente. E quando não notar significado algum em alguma palavra, pegue um dicionário etimológico para pesquisar suas origens. E, enquanto faz isso, memoriza a palavra.

10. Corrente de palavras

Pegue uma série de palavras que necessite aprender e faça delas uma história (não importa que seja incoerente). Desta forma, não aprenderá 30 palavras, mas 5 frases de 6 palavras cada uma. Se usar sua criatividade, pode passar o tempo aprendendo de forma divertida.

ESTRATÉGIAS NÃO TRADICIONAIS

11. Spaced Repetition (Repetições com intervalos)

Essa técnica de memorizar palavras de consiste na repetição das palavras aprendidas por intervalos que aumentam com o tempo. É possível instalar um aplicativo em seu celular que automaticamente lhe ensinará palavras em uma ordem estabelecida e com os intervalos necessários. Pode usar uma lista pré-definida de palavras ou criar sua própria lista. Vantagem: as palavras realmente ficam na memória. Desvantagens: leva muito tempo. Se já memorizou uma palavra, elas continuam aparecendo vez ou outra em listas diferentes. O aplicativo mais popular desse método se chama Anki.
Memrise.com

No site Memrise você também poderá aprender listas pré-determinadas ou criar suas próprias listas. Se não for possível memorizar uma palavra por categoria, pode utilizar imagens divertidas criadas pelos usuários do site, que utilizam métodos mnemônicos ou usar suas próprias imagens. Também no Memrise foi incluída uma nova opção: Além de escutar a pronúncia de algumas palavras, é possível assistir vídeos com suas pronúncias.
Quizlet.com

Pode criar suas listas e gerenciar várias formas de revisar seus conhecimentos (testes, múltipla escolha, soletrar, etc). É uma boa forma para aqueles que gostam de testar seus conhecimentos com jogos.

Lang-8

É um portal para trabalhar com linguagem escrita para aqueles que já dominam as bases do idioma. Cada usuário escreve um texto no idioma estudado, e algum falante nativo do idioma pode corrigir.

Estratégias ‘mágicas’

As estratégias mágicas são bastante utilizadas por profissionais de publicidade e especialistas em idiomas. Em geral, são descritas como «técnicas secretas de serviços especiais», que, falando mais diretamente, são encontrados em uma infinidade de livros. E costumam cobrar muito caro para ensinar essas técnicas.

Mnemônica

Mnemônica é uma das formas mais populares de aprendizado, que se consiste em pensar em algumas associações divertidas e absurdas à palavra que você não consegue memorizar de forma alguma. Escolha uma palavra e associe a ela algo que deve ser muito forte e vivo, mas que tenha uma «chave» para o significado de cada palavra.

PARA PESSOAS COM MEMÓRIA AUDITIVA

Regra nº 1: Sempre pronuncie o que está aprendendo. Se utilizar cartões, sempre leia-os em voz alta. Ao ler uma lista de palavras, idem. Escute as palavras, pois para você, é a melhor forma de lembrá-las. É claro que será preciso escrevê-las também, mas com certeza irá aprender mais facilmente do que tentando memorizar em silêncio.

Escutar as palavras

Pode escutar listas de áudio de palavras e repeti-las junto com o locutor. Em geral, os bons livros didáticos acompanham conteúdo de áudio com listas de palavras. Também é possível escutar podcasts de qualidade onde há uma análise detalhada de cada diálogo.
Na página Forvo.com você pode escutar a pronúncia de qualquer palavra quantas vezes precisar.

Repetição múltipla

Esse método se parece com o método de escrever palavras continuamente, e também é muito entediante e cansativo. Porém, é muito eficaz: repita em voz alta o que está aprendendo de vez em quando. Supõe-se que uma palavra pode ser considerada aprendida se utilizá-la cinco vezes em um assunto. Portanto, tente encontrar 5 exemplos de uso para essa palavra. Em voz alta, é claro. Você também pode reforçar o conhecimento ao escrevê-la. É uma estratégia para aqueles que realmente não querem utilizar nenhuma lista de palavras.

Leitura (muita leitura)

Se o seu nível de vocabulário é muito alto e não tem necessidade urgente de ampliá-lo, o mais simples é ler muito. Pode marcar as palavras novas e inclusive anotá-las (funciona melhor que qualquer estratégia, mas não agrada a todos). Ao ler, você aprende sobre o contexto do significado de uma palavra desconhecida, se ‘enche’ de palavras que se convertem em um vocabulário passivo. Porém, a leitura nem sempre ajuda a ativar essas palavras, ou seja, para progredir na aprendizagem do idioma, além de ler, deve utilizar algum outro método.

É possível ler e fazer suas listas de palavras com a ajuda do ReadLang.

DICAS IMPORTANTES PARA TODOS

Aprenda palavras num contexto

Não aprenda uma lista de palavras simplesmente da forma que ela está. Sempre as aprenda em um contexto, escolha exemplos e expressões. Estude com um dicionário.

Aprenda diálogos de memória

Memorizar alguns diálogos curtos ou textos com vocabulário útil lhe ajudará a lembrar e utilizar certas palavras quando necessário. Isso vai gastar tempo e esforço, mas com o tempo, você terá em sua cabeça um conjunto de estruturas prontas que poderá usar tranquilamente.

Peça para alguém avaliá-lo

Peça a seu cônjuge/mãe/filho/amigo para que te faça perguntas e avalie se conhece bem o significado das palavras que estão nas suas listas. Obviamente, eles não vão lhe qualificar, mas funcionará como um elemento de controle e disciplina.

Aprenda o que realmente necessita

Em um de meus livros, a palavra ‘enxada’ foi encontrada mais facilmente do que as palavras ‘curto’ e ‘comprido’. Não aprenda essa e outras besteiras desnecessárias até que aprenda um vocabulário realmente útil e atual.

Como determinar o que é atual? Existe uma infinidade de livros e listas de palavras, do tipo «1000 palavras mais importantes». Primeiramente, aprenda as palavras mais frequentes de um idioma, e depois as ‘enxadas’, e não o contrário. Se você ainda não sabe determinar isso ou não sabe bem os pronomes pessoais, ainda é muito cedo para aprender as cores, por mais que você queira.

Aborde o processo de aprendizagem com criatividade

Se tudo está incomodando, não consegue memorizar as palavras e quer fechar todas as suas listas de palavras, então experimente! Para alguns, funcionam desenhos, para outros, dar voltas pela casa e falar as palavras em voz alta, e alguns falam até com seus bichos e estimação. Se algo chamar sua atenção, não tenha preguiça em procurar em um dicionário. Aprenda com o que for do seu interesse. Não se prenda a métodos que não lhe sirvam!